CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
LÉO PAJEÚ
Poesias e Contos, Sentimentos e Versos, Sonhos e Visões de um Premonitor.
Áudios

O Novo Brasil Léo Pajeú e ChicoDoCrato
Data: 20/02/2017
Créditos:
O NOVO BRASIL -ChicoDoCrato e Léo Pajeú
ChicoDoCrato, Música, Voz, Violão, Sintetizador, Arranjo, Mixagem e adaptação do
Cordel de Léo Pajeú.
http://www.recantodasletras.com.br/...
Audacity 080 Ritmo 068+50 em Mí-. Gravação caseira. Gravar em estúdio.
Copyright: proibir a cópia, reprodução, distribuição, exibição, criação de
obras derivadas e uso comercial sem a sua prévia permissão. A proteção
anticópia é ativada.
Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

oNovoBrasil-ChicoDoCrato-Léobargom-NoélSemog
O NOVO BRASIL -ChicoDoCrato e Léo Bargom ou Noël Semog
ChicoDoCrato, Música, Voz, Violão, Sintetizador, Arranjo, Mixagem e adaptação do Cordel de  Léo Bargom ou Noël Semog.
http://www.recantodasletras.com.br/audios/cancoes/73617
Audacity 080 Ritmo 068+50 em Mí-. Gravação caseira. Gravar em estúdio.
Copyright: proibir a cópia, reprodução, distribuição, exibição, criação de obras derivadas e uso comercial sem a sua prévia permissão. A proteção anticópia é ativada.

Todo mundo foi avisado
Da situação do Brasil
Mas, o povo desavisado
Fingiu que não viu
Havia elite por todo lado
Almejando o poder
Um golpe bem planejado
Assim, meio sem querer
É a desculpa do principado
Para assumir o poder

Agora os golpistas cercaram
O nosso belo céu de anil
Em alqueires marcaram
A terra crua e outras mil
O trabalhador será escravo
E o pobre  um reles servil
Vão lotear todo o estado
E vão privatizar o Brasil
Não haverá agora direito
Em cada canto um prefeito

Talvez você não queira
Mas é a situação do Brasil
Daqui pra frente essa eira
E um presidente imbecil
A elite no poder, a rasteira
O pobre sem comer pernil
Vai ser sem que você queira
Vinte anos de recessão e funil
Não adianta pensar besteira
Nem querer pegar o fuzil

Assim será o novo Brasil
Um gigante adormecido
Um povo meio esquecido
O trabalhador que sumiu
Um salário, uma miséria
A carestia que nunca se viu
O humano só uma matéria
Na mão do empresário vil
O coração só uma artéria
E a morte à espreita gentil

Perceba, ninguém mais viu
Os bates panelas nas janelas
Uma manifestação inútil
Outros tempos eram elas
Que se diziam todos varonil
Agora estão em suas celas
Não gritam mais pelo o Brasil
Causaram todas as mazelas
Se esconderam em um covil
Como escravos nas senzalas

Outros que também sumiram
Foram os coxinhas imbecis
Outros tempos eles se uniram
Dizem, querendo outros brasis
Mas agora se acovardaram
Sumindo das mídias infantis
Eram tantas as baboseiras
Escreviam esses coxinhas
Só falavam em muitas asneiras
Junto com as patricinhas

Também sumiram os filhos
Do tal pato grande amarelo
Queriam o Brasil nos trilhos
Diziam em um tom paralelo
Eram pagos por empresários
E gritavam palavras de ordem
Agora não passam de ssalafrários
Depois de toda essa desordem
Trabalhadores sem salários
A elite passando as ordens

Agora estamos vendo o país
Passando por tantos apuros
Nossa língua não é mais raiz
Estamos atolados em juros
O inglês agora é obrigatório
O juro embutido em conteúdo
O black friday leva o salário
Nas lojas vejo Sale em tudo
Parece que estou noutro país
Olhando todo mundo mudo

Como agora me entristeço
Vendo criar esse novo Brasil
Rezei dedilhando um terço
Com reza forte a Deus gentil
Será que ainda tem jeito
De mudar essa pobre nação
Tirar essa minha dor do peito
Fazer bater forte meu coração
E que voltemos a ter direito
A um Brasil puro sem delação
Enviado por ChicoDoCrato em 20/02/2017

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.



Comentários

FUGA IMPROVÁVEL Léo Pajeú R$31,79
PASSOS PARA SE TORNAR UM ATLETA CAMPEÃO! Léo Pajeú R$29,89
2 CONTOS 1 Léo Pajeú R$31,38
CONTOS SOBRENATURAIS Léo Pajeú R$34,76
CINQUENTA SONETONS DE CINZA Léo Pajeú R$31,01
QUER EMAGRECER, É SÓ COMEÇAR? Léo Pajeú R$32,45
A CRIATURA 3D Léo Pajeú R$28,86
RASTROS DA ÁFRICA Léo Pajeú R$31,21
CORPO SECO E A LEGIÃO DE ZUMBIS Léo Pajeú R$36,26
QUATRO ESTAÇÕES Léo Pajeú R$30,47
AS AVENTURAS DE GALINZÉ Léo Pajeú R$29,15
ROSA, ROSINHA, NEM TUA, NEM MINHA Léo Pajeú R$27,58
2 CONTOS 2: A CASA AO LADO & OS HERDEIROS DAS... Léo Pajeú R$23,00
2 CONTOS III: O VISITANTE NOTURNO & O ÍNDIGO Léo Pajeú R$24,00
2 CONTOS: A Criatura 3D & Almas Rejeitadas (2... Léo Pajeú R$22,00
A DOR EM VERSOS Léo Pajeú R$15,27
AS AVENTURAS DE GALINZÉ - O GALINHO VALENTE: ... Léo Pajeú R$10,54
ATLETISMO COMO CONTEÚDO CURRICULAR NOS ANOS I... Léo Pajeú R$16,57
ATLETISMO COMO ESPORTE BASE NO DESENVOLVIMENT... Léo Pajeú R$17,01
BRINCADEIRAS SÓCIO-EDUCATIVAS COMO BASE DESPO... Léo Pajeú R$13,77
CINQUENTA SONETONS DE CINZA: SONETOS Léo Pajeú R$13,78
CONTOS DE LENDAS BRASILEIRAS Léo Pajeú R$18,29
CONTOS DE SUSPENSE - HISTÓRIAS DE APARIÇÕES E... Léo Pajeú R$15,66
CONTOS SOBRENATURAIS CIDADE... QUANDO A NOITE... Léo Pajeú R$15,96
CONTOS SOBRENATURAIS LOBISOMEM, LUA CHEIA, MI... Léo Pajeú R$12,37
CONTOS SOBRENATURAIS: LENDAS URBANAS Léo Pajeú R$15,96
CONTOS SOBRENATURAIS: PESADELOS...NÃO ACORDE,... Léo Pajeú R$12,33
CONTOS: UMA BRAÚNA... CONTOS E CAUSOS DO SERT... Léo Pajeú R$11,42
CONTRATEMPOS - POESIAS Léo Pajeú R$12,56
CORDÉIS DE UM CABRA DA PESTE Léo Pajeú R$12,93
www.leopajeu.prosaeverso.net